freguesia
A nossa terra
notícias
história
galeria
informações
localização
colectividades
livro de visitas
 
turismo
tradições
festividades
gastronomia
património
 
autarquia
obras
orgãos
heráldica
contactos

inf. autárquica

Regulamentos
 
 
 
 
 
A gastronomia tradicional contribui para a divulgação dos hábitos alimentares de um povo. A cozinha tradicional desta freguesia, apesar de ser muito semelhante à da grande parte da região de Lafões, apresenta características muito próprias. A vitela assada, o borrego e o cabrito, criados na terra, são os pratos mais típicos para os dias festivos. O arroz de coelho, feito na caçoila e ao lume, tem um sabor especial. Na época da sacha do milho, da colheita ou da malha centeio, os trabalhadores juntavam-se à volta de uma toalha de linho, para saborearem o "conduto". Este era uma ementa simples mas muito saborosa e que consiste num cozido de feijão, batata, carne de porco e couve, e depois era temperado com azeite. Muitas vezes, a acompanhar esta refeição estava a broa de milho de fabrico caseiro e o vinho branco ou tinto americano. Este vinho era vindimado nas margens do Rio de Mel.
Broa de Milho

Ingredientes:

2 kg de farinha de milho
1 kg de farinha de trigo
30 gramas de fermento de padeiro
150 gramas de crescente (massa levedada da broa anterior)
Água

Preparação:

Peneira-se a farinha de milho para uma travessa de madeira e adiciona-se a farinha de trigo misturando tudo muito bem. Aquece-se água numa panela.
Num tabuleiro, amassa-se a farinha, adicionando a água quente, depois o crescente eo fermento de padeiro. Amassa-se tudo, até a massa ficar com uma consistência média. Tapa-se a travessa com um pano e um cobertor de lã e coloca-se num local de temperatura amena, para a massa levedar.
Entretanto aquece-se o forno de lenha e quando este estiver bem quente, retiram-se as brasas e introduz-se a massa no forno com o auxílio de uma pá polvilhada com farinha. Tapa-se a boca do forno, e de vez em quando verifica-se a broa para não queimar. Se necessário, abre-se um pouco a porta do forno. No fim de assada, retira-se do forno e coloca-se no tabuleiro que serviu para amassar, deixando-a esfriar.

 

Cabrito Assado no Forno

Ingredientes:

Cabrito
Alho
Salsa
Limão
Louro
Colorau
Vinho Branco
Sal

Preparação:

De véspera, misture alho, a salsa, o limão, o louro, o colorau e o vinho branco. Tempere o cabrito com sal e coloque-o no molho, preparado, deixando descansar até ao dia seguinte.
Quando for altura de cozinhar, leva-se a cozer em forno médio.
Sirva acompanhado de batatas assadas no forno.

Na doçaria tradicional, o Pão de Ló, as Filhós de Rabanadas são especialidades mais confeccionadas nos dias festivos. As dedicadas senhoras de Pindelo dos Milagres revelam as suas receitas dos seguintes doces:
Pão de Ló

Ingredientes:

250 gr de açúcar
6 ovos
75 gr de farinha de arroz
75 gr de fécula de batata
1 colher de chá de fermento em pó
Manteiga para untar
Farinha para polvilhar

Preparação:

Bata muito bem as gemas com o açúcar até se formar uma massa esbranquiçada e volumosa. Em seguida, envolva as claras batidas em castelo.
Peneire então os dois tipos de farinha e o fermento que já devem estar misturados.
Coloque a massa numa forma de abertura ao meio, untada com manteiga e polvilhada com farinha.
Aqueça o forno e leve a cozer o pão-de-ló durante cerca de meia hora.
Desenforma-se depois de frio.

Rabanadas

Ingredientes:

Cacete
Ovos
Leite

Preparação:
Corta-se o cacete às fatias, e batem-se os ovos e o leite. Nesta mistura, molham-se as fatias do pão, uma a uma. De seguida, fritam-se em óleo e polvilham-se com açúcar e/ou canela. Confeccionam-se sobretudo para a consoada na época de Natal

Filhós

Ingredientes:

0,5 kg de farinha
5 ovos
5 colheres de sopa de azeite
1 colher de aguardente branca
Sal q.b.

Preparação:

Batem-se muito bem os ovos.
Junta-se o sal, o azeite e a aguardente e,
por fim, mistura-se a farinha e amassa-se
muito bem durante meia hora.
Deixa-se descansar uma hora.
Depois deste tempo, dá-se forma
às filhós e colocam-se na frigideira até que fiquem douradas. Depois de fritas envolvem-se em açúcar e canela.